RP Paisagismo

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Pragas

pulgoes

1 – PULGÕES -  Com cerca de 1,5 mm, são pretos, brancos ou verdes. Grudam no verso das folhas, que são atrofiadas pela sucção de seiva. O remédio: três doses de calda de fumo, a cada 5 dias. Cultivar piretro (Chrysanthemum cinerariaefolium) pode afastar a infestação.

conchonilhas

2- COCHONILHAS - Elas se alimentam da seiva e chegam a matar uma planta. A calda de fumo também é indicada no seu combate. As sem carapaça lembram um chumaço de algodão. Para estourar as de carapaça, é preciso acrescentar à formula 1 colher de chá de óleo mineral diluído em 1 litro de água.

lagartas

3 – LAGARTAS – Bolinhas pretas no solo, perto da planta, sinalizam a presença dessas devoradoras de folhas, que adoram invadir hortas, palmeiras, begônias e lírios-da-paz.  Contra-ataque podando folhas e flores afetadas e destruindo ninhos. Também nesse caso, apele para a calda de fumo no combate.

lesmasecaracois

4 – LESMAS E CARACÓIS -  Faça uma armadilha para apanhar esses moluscos, que se locomovem à noite: mergulhe retalhos de juta em 2 copos de cerveja misturados a 1 copo de óleo de cozinha. Ponha nos locais infestados, e proteja as plantas com um círculo de cal sobre a terra.

formigas

5 – FORMIGAS – AAs saúvas talham as folhas para  levá-las aos formigueiros. Umedeça pão e vinagre, deixe secar, triture e espalhe na planta – as migalhas serão levadas para a colônia. O vinagre mofa a comida do formigueiro, exterminando os habitantes. Gergelim, arruda e pimenta são repelentes.

fungos

6 – FUNGOS – Não é fácil reconhecer a presença desses microorganismos que gostam de umidade e pouca ventilação. Eles indicam problemas com o solo e deixam as folhas manchadas de bolor e pintas pretas. A solução: espalhar cinzas de madeira (1 colher de sopa diluída em 1 litro de água).